quinta-feira, 19 de março de 2009

Por que idolatrar GILLES VILLENEUVE ?

Muitos pacientes, amigos e mesmo os leitores que estreitaram laços comigo, mais jovens, sempre me indagam o porquê de pessoas de minha faixa etária - tenho 35 anos - ou mais velhas que eu idolatrarem tanto Gilles Villeneuve, uma vez que o canadense-maravilha nunca foi campeão, ganhou apenas seis vezes e fez duas pole positions. A resposta me vem de forma tão abrupta e rápida que nem preciso refletir para responder: FÁCIL, PORQUE GILLES FOI O MAIOR PILOTO-ESPETÁCULO QUE EU VI CORRER EM MINHA VIDA.
Gilles foi tão sensacional que precisou de apenas 67 corridas para deixar registrada na memória de quem o viu correr a imagem de ídolo espetacular, que muito mais do que se preocupar em levar seus carros até o fim para marcar pontinhos de forma redondinha sem se arriscar e matar os espectadores de tédio em frente à TV dava show constantemente, fosse correndo com três rodas como em Zandvoort, fosse se engalfinhando curva a curva na famosa batalha de Dijon Prenois com René Arnoux, fosse... Ah, são tantas histórias... Mas escolhi uma passagem desse fabuloso maluco das pistas que marcou demais minha infância e me fez apaixonar de vez pela Fórmula 1 para responder o tal questionamento. A foto debaixo ilustra a passagem:

O espetacular feito de Gilles tomou lugar em sua própria casa, o GP do Canadá, o ano era 1981 e Villeneuve simplesmente barbarizou ao levar seu carro nas condições vistas na foto ao PÓDIO. E o mais incrível é que mesmo com o carro completamente avariado, Gilles conseguiu manter quase o mesmo ritmo veloz de antes. Parece muito ? E seu adicionar à já tão pitoresca história o fato de estar chovendo torrencialmente naquela tarde de 27 de setembro?
Gilles era assim mesmo, não importava para ele o que estava acontecendo à sua volta, importava apenas satisfazer seu desejo irreprimível de dar espetáculo. O feito foi tão marcante que mereceu uma homenagem especial do grande cartunista MARTIN TRUNDLE:

E não podiam faltar miniaturas para eternizar um dos maiores feitos de heroísmo, loucura e romantismo da história da Fórmula 1:



Para quem nunca viu o ONÍRICO acontecimento de 27 de setembro, aqui vão dois vídeos - o primeiro em português inclusive - para que possam atestar a veracidade de minhas palavras:

video video

Agora, me digam, só por um fato destes - jamais repetido por absolutamente NINGUÉM - já não daria para idolatrar esse DOCE MALUCO ?

VIVA GILLES VILLENEUVE, MAIOR ÍCONE DO AUTOMOBILISMO-ESPETÁCULO DE TODOS OS TEMPOS !!!